24 de julho de 2017

QUASE UM ULTRAJE

Esse medo que nos contamina por dias é o mesmo que nos aproxima por horas tão amáveis.

Gostaria de está no teu abraço, sentir sempre o teu calor quando eu sentisse saudades ou mesmo sentisse a sua falta mesmo sendo por um gesto de egoísmo, de te querer sempre comigo.

Eu não quero ser egoísta, mas as vezes acabo sendo simples detalhes, o mais bobo, aquele que você já conhece e que convivemos.
Você não gosta desses ciúmes bestas, você quer que sua mulher confie em você e que te apoie e demonstre na mesma proporção, pois o amor é isso.É amar e confiar um no outro.

Ficar longe não queremos, mas muito perto também ás vezes é destruidor.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.